Resenha | Yamada-kun to Nananin no Majo

E ai, caros habitantes desta galáxia – e de outras. Completando a sequência de adições a equipe da redação do blog, hoje temos um post especial da editora do nosso canal! Não vou apresenta-la pois ela fez isso por si mesma ali embaixo, então sem mais delongas, segue ai a resenha dela – e a primeira desse tipo no blog. Fiquem ligados pois pra fechar com chave de ouro essas adesões ao time, amanhã tem post do Chrystian – sim ele ainda está vivo! Vou parar por aqui. Ai vai o texto dela 😀


Olá para todos! O meu nome é Melissa; mas podem me chamar de Panda! Bem, estou aparecendo aqui porque sou a mais nova criadora de conteúdo pro blog! Eu irei trazer um pouco de cor e animação pra cá; isso mesmo, um pouco de ANIMES! Mas também as vezes um pouco de preto e branco com mangás.

Resolvi começar com algo bem fácil e simples. Hoje vamos conhecer um anime de 12 episódios, que provavelmente ninguém aqui viu na vida. Contando a história de 7 bruxas, beijos, mistérios, beijos, zoações, beijos e peitos já falei beijos? Isso mesmo! Estou falando de Yamada-kun to 7nin no Majo, ou Yamada e as 7 bruxas.

1

Começando com nosso casal principal: Yamada e Shiraishi

Yamada-kun to 7 nin no majo é uma série de mangás com 28 volumes, escrito e ilustrado por Miki Yoshikawa. Sua adaptação em anime conta 12 episódios, além da existência de um Live-action.A história é simples! Yamada, um daqueles estudantes delinquentes, um dia acaba caindo da escada em cima da aluna modelo Shiraishi. Quando ele acorda, na enfermaria, descobre que havia trocado de corpo com a guria.

Depois de algumas confusões – e de ver os peitos de Shiraishi – Yamada tenta voltar para o seu próprio corpo e descobre que a troca acontece quando eles se beijam. Em seguida, outras pessoas vão descobrindo sobre o poder de Yamada e juntos abrem o clube paranormal na escola, onde descobrem sobre a lenda das 7 Bruxas que rondam o colégio.

2

Eu beijo todos, mas é o seu que eu gosto!

Antes de mais nada, devo falar uma coisa que me atrapalha bastante no anime, e isso é o cabelo do Yamada! Eu acho as cores do anime bem bonitas e vivas, dá até uma carinha meio única sabe? Mas o tom de cabelo do Yamada realmente me incomoda. Isso é meio pessoal, mas acredito que algumas pessoas possam se incomodar com alguns tons da animação. Então ao mesmo tempo que a coloração do anime é bonita ela acaba por ser uma faca de dois gumes em alguns momentos.

3.jpg

Sério…esse cabelo me tira toda a atenção da cena!

Um outro ponto negativo é que infelizmente não vemos o fim da série no anime. Ele vai indo até que bem fiel aos mangás e daí termina. Como se fosse ter uma segunda temporada, mas é meu amigo, se você quiser saber o fim que teve esse anime vai ter que ir ler o mangá. Ah! O problema é que não temos ele aqui no Brasil, então terá que ler online por aí, seja em inglês, espanhol ou na versão português pirata.

Coisas que o anime contem, de positivo ou negativo, são pessoais demais para eu dizer.  Peitos, muitos peitos. O anime, e mangá, contam com até que bastante ecchi (essas cenas de homem tocando em peito, mãos bobas e tal [Nota do editor: fucking japanese’s]). Mas tudo sempre pegado na comédia, é até que bem gostoso [NE:( ͡~ ͜ʖ ͡°)].

4

“O chapéu é meu filha da puta!” – Dizem que a Shiraishi falou isso, mas eu duvido.

Nossa querida autora consegue ter um bom tempo para trabalhar bem essas piadas em  sua grande maioria, deixando as cenas bem leves e cômicas, sendo agradável de ver ou ler. E acreditem, se o ecchi não é bem colocado, eu não curto e falo mesmo! COF COF como Love Hina COF COF!

Beijos, muitos beijos. Bem, as Bruxas usam seus poderes beijando, então sim… vai ter beijo hétero, gay, seja o que for. É um festival de beijos sem parar, tem até beijo de duas garotas, sendo que uma dessas garotas na verdade está no corpo de um homem, então é gay e, não é [NE: WTF?]? Enfim, prepare-se para ver muitos beijos, mas isso até que não irrita, pois até para isso a autora tem um bom timing e uma boa piada para descontrair.

5

Pose do clube dos paranauê do beijo, digo, paranormal!

Um ponto 100% positivo é sua arte! Olhando na primeira vez você deve achar que é de Hiro Mashima (criador de Fairy Tail), mas isso é porque a autora foi uma das ajudantes do mesmo. Então olhando logo de cara você vai achar que eles são bem parecidos com os personagens de Fairy Tail, mas juro que não são ok? Mas essa arte com essa coloração fica bem bonita, diga-se de passagem.

No caso do anime, sua abertura é simplesmente bonita. Com uma boa música, boas cenas e um efeito de tela até que bem legal. É bem gostosinho de ver. Na verdade, esse anime todo é gostoso de se assistir e, no caso do mangá, ler. Ele dá uma sensação de leveza, que você nem percebe o tempo passar em sua grande maioria.

5.jpg

Você queria ver um pouco de ~peitos~? Tá ai. [NE: Japoneses…]

E por último, descobrir todos os poderes das 7 bruxas, os porquês de elas terem, é bem legal! Claro que não tem tudo no anime, mas sim no mangá caso queira ler! A história segue a linha do Yamada resolvendo os problemas das Bruxas, então é interessante saber o porquê dos poderes e as soluções dos problemas. Além disso, a premissa bem simples não atrapalha tanto o desenvolvimento; espere por ver uma trama se complicando aos poucos, nada tão complexo, porém ainda interessante e que te faz querer saber mais.

Por fim, Yamada-kun to 7 nin no Majo é um bom anime para se assistir quando você não souber o que fazer naquele sábado ou domingo de tédio. E também um bom mangá para ler e passar um tempo rápido. Dê uma chance, talvez você se surpreenda por achar fofo ou divertido, algo tão inocente e leve de se ver. E aproveita, que com 12 episódios é um pouco difícil de ficar chato ou irritar o anime, não dá muita abertura para falhas, o que é bom!

Então é isso, gente, eu vou ficando por aqui não se esqueçam de curtir a página do Facebook , se inscrever no canal do YouTube e fiquem ligados para mais Reviews meus aqui! E que tal uma nota para o Yamada? dou 8 bejios de bruxa para o Yamada, ele faz cú doce de mais em beijar algumas pessoas pro meu gosto XD

Resenha por Melissa Pinto

Edição por Josuá V. Nobre

Anúncios

2 comentários sobre “Resenha | Yamada-kun to Nananin no Majo

  1. Pingback: Resumo da Seamana | O cara do Acre, Ataque na Rússia e o álbum novo do Gorillaz. | EXPERIENCIANDO

  2. Pingback: Resenha | Hideout | EXPERIENCIANDO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s