Resenha | Hideout

Olá para todos! Panda aqui novamente! Hoje estou trazendo minhas impressões de um MANGÁ! Sim, esse mangá foi trazido para nossas terras, eu tenho ele aqui na minha estante e para quem gosta de ler, espero que possa ser uma boa recomendação! Sem mais delongas, vamos ao que interessa.

Feito por Masasumi Kakizaki – criador de mangás como Green Blood – Hideout veio aqui para o Brasil em Outubro de 2014 sendo reposto 1 ano depois pela editora Panini. Hideout é um mangá seinen de um único volume, com uma história densa considerada uma história de terror. Custando apenas 17,90 (no site da própria Panini), Hideout é um mangá com uma história diferente da maioria que se vê por aí nas bancas.

hideout-2895313

Sente esses “gráficos”.

Seiichi Kirishima é um escritor que está em viagem com sua esposa. Porém, ele não está lá para aproveitar as férias ou algo do tipo, ele procura um recomeço em sua vida depois de uma fatalidade que ocorreu em sua família. Tentando realizar seus planos para retomar seu dia a dia, uma “coisa” se coloca em seu caminho. Agora podendo perder a própria vida, Seiichi procura realizar seus objetivos e finalmente alcançar uma vida feliz novamente.

Com uma arte simplesmente incrível, rica em detalhes e uma história que te prende do início até o fim, Hideout é uma ótima pedida tanto para adoradores de mangás, quanto para o público de HQs ou qualquer pessoa que esteja procurando algo bom para ler. Densa, cheio de mistérios e terror, é um prato cheio para fãs de terror e suspense de qualidade!

hideout-capa-1024x703.jpg

A capa de Hideout é tão interessante quanto a história da obra em si.

Realmente, é um pouco difícil falar mais sobre a trama sem dar spoilers, a trama é bem trabalhada e surpreendentemente tensa, gerando expectativas no leitor em relação a seu desfecho. Falando em final, tenho certeza que este não é como muitos imaginaram conforme foram lendo e vendo o desenrolar da trama então podem esperar um bom plot twist.

Em relação ao medo, como história de terror, eu diria que você não irá encontrar algo que te assuste ou faça você acender todas as luzes de casa, se for esse tipo de terror que você procura, porém você deve ficar bem apreensivo vendo o desenrolar da história de Seiichi.

maxresdefault.jpg

A arte é sensacional, mas esse nariz tá ocupando metade do quadro.

A narrativa é bem simples e rápida. O mangá terminar sem deixar pontas soltas, você saberá tudo que aconteceu até chegar a sua conclusão.A resolução não é algo que vai parecer que ocorreu do nada ou de maneira forçosa vide que a história foi muito bem desenvolvida. Então é um volume único que faz muito bem o seu papel em contar uma história de início, meio e fim.

Em relação aos personagens, não há muito o que dizer. Por ser um único volume você não irá lembrar deles pelo resto de sua vida ou algo do tipo. Eu mesma fico olhando o tempo todo para lembrar o nome do protagonista. Entretanto, a história por ser muito bem contata  ficará grudada na sua cabeça. Ou seja, você pode não ter tido capítulos o suficiente para dizer que Seiichi é seu personagem preferido no mundo dos mangás, porém é o suficiente para fazer você adorar Hideout e querer ler outros trabalhos do autor. Pois não são os personagens que irão te marcar, mas sim a história, a arte e a apreensão sentida em cada capitulo.

hideout-slide-1000x400.jpg

As páginas coloridas do mangá são sensacionais.

O material utilizado para o mangá é um dos melhores. Na época, a Panini caprichou muito bem nesse volume único. A tradução também é ótima. E, diga-se de passagem, a capa é simplesmente fenomenal. Passar a mão e sentir o relevo e a textura, além de gostoso, enche os olhos para descobrir tudo da história, saber o que é aquela “coisa” que está entre seus dedos enquanto aproveita a capa.

Hideout conta uma história adulta, com um tema que pode ser considerado pesado (levando em conta o final, principalmente), que possivelmente fará você sentir algo. Seja isso algo bom ou ruim, como o próprio autor diz no fim do mangá. Para os fãs de história com um tema mais voltado pro terror, maduro e que seja alternativo ao que se tem mais em predominância no mercado nacional no momento, eu diria que Hideout é uma ótima pedida.

CONSIDERAÇÕES FINAIS.

maxresdefault_1.jpg

Rica em detalhes, a arte do mangá é de encher os olhos!

Indo além, acho que todos deviam ler e se possível ter em suas coleções. É algo bem interessante e diferente. Vale muito a leitura e a experiência. Kakizaki é um otimo autor e a obra é daquelas que te deixa com um gosto de quero mais muito forte na boca. Caso você nunca tenha lido um mangá, acho que Hideout é uma opção perfeita para tentar começar a ler! Não tem aquelas “Japoneizises” [Nota do Edtior: tipo as do anime dos bejo lá?], e conta com uma história madura e interessante.

Para mais Reviews de mangás e animes, nos acompanhe em nossa página no Facebook e se inscreva no nosso canal do YouTube! Eu sou a Panda, espero que tenham gostado e se interessado pela obra, e vou indo porque tenho que ver meu… papai… [NE: In a non sexual way fella’s, é uma referência ao mangá seus pervertidos].

Resenha por Melissa Pinto

Edição por Josuá V. Nobre

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s